Convidados elogiam conteúdo oferecido pela CBDE no Seminário Nacional do Desporto Escolar

Por: Jesus Filho

Brasília – Terminou neste domingo (24), o maior Seminário Nacional voltado para o Desporto Escolar já realizado no país. Proposta pedagógica da Confederação Jogo da roleta que ganha dinheiro da roleta que ganha dinheiroeira do Desporto Escolar (CBDE), estimulada todos os anos, o evento reuniu convidados de todas as partes do país em um espaço democrático de ideias, interatividade e muita criatividade.

Durante os dias de palestras com personalidades nacionais e internacionais, o público teve a chance de atualizar os conhecimentos sobre um tema que afeta milhares de adolescentes no país, afinal de contas é na base que o desenvolvimento do esporte acontece.

Ao todo, treze palestrantes conduziram os assuntos ao longo do encontro. Além deles, o presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, que durante todo o seminário fez questão não só de participar e cumprimentar cada convidado, como também de estimular os que fazem o esporte brasileiro a acreditarem cada vez mais no escolar, pois segundo Hora Filho, um país com mais esporte e educação, sempre será uma nação com mais oportunidades e menos desigualdade.

Mas o término do fórum deixou muitos participantes com um gostinho de quero mais. Vice-presidente da Federação Capixaba do Desporto Escolar (FECADE), Ronaldo Mangueira falou sobre sua participação no evento.

– Sem dúvidas é uma oportunidade ímpar para nós que diariamente atuamos no esporte. Parabenizo a CBDE não só pela inteligente escolha dos convidados palestrantes, como também, dos temas que foram expostos.

Diretor de uma escola pública da capital sul-mato-grossense, o ex-atleta de judô e atual presidente da Federação de Esporte Escolar do Mato Grosso do Sul (FEEMS), Marcos
Aguilera, destacou o intercâmbio de ideias oferecido durante o seminário.

– Foram dias de muito estudo e aprendizado. Cada tema agregou algum valor para nós, gestores e educadores que atuamos no esporte. O seminário encerra com chave de ouro os eventos realizados pela CBDE neste importante ano de 2019, abrindo possibilidades para que, em 2020, possamos crescer cada vez mais.

A novidade desta edição foi a participação de representantes de entidades do Desporto Sul-americano que trouxeram ao Jogo da roleta que ganha dinheiro da roleta que ganha dinheiro um olhar diferenciado sobre o segmento. Entre eles, o argentino Leonardo Trancoso que durante sua palestra falou sobre as ações que são realizadas em seu país para estimular o esporte nas escolas.

Pela primeira vez em um evento da CBDE, o americano Roger Goudy (foto) revelou estar “encantado” com o que viu. Presidente Continental das Américas da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), o professor era só alegria em sua passagem pelo Jogo da roleta que ganha dinheiro da roleta que ganha dinheiro. Bem à vontade, Goudy falou sobre sua experiência acadêmica e elogiou a CBDE pela realização do seminário.

– A proposta da Confederação Jogo da roleta que ganha dinheiro da roleta que ganha dinheiroeira do Desporto Escolar, de realizar em seu país, um evento deste nível com pessoas que trabalham pelo crescimento do esporte nacional é de fundamental importância para que os alunos atletas de hoje, se tornem homens e mulheres bem sucedidos amanhã. Agradeço não só o convite na pessoa do presidente Antônio Hora, e de Robson Aguiar, cujo atuo junto na ISF, como também, aos participantes do seminário que foram simpáticos e alegres nesses dias de aprendizado e novas amizades.

O seminário terminou com a palestra dos fisioterapeutas Igor Borges e Jorginho Garcez, ambos de Sergipe, que falaram os desafios durante o atendimento aos atletas escolares nas competições esportivas da CBDE.

Ascom – Confederação Jogo da roleta que ganha dinheiro da roleta que ganha dinheiroeira do Desporto Escolar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.